Release

Marcos Monteiro é músico carioca, residente em Vitória-ES desde 2005. Seu estilo é combinação de ecletismo e sofisticação, com despojamento. É considerado por músicos e produtores como bossa-novista, grande conhecedor deste gênero musical no Espírito Santo.

Sempre chamou sua atenção a mensagem que a música está transmitindo, seja esta cantada ou tocada. Sendo assim, foi natural interessar-se desde cedo pela boa música, interesse herdado de seus pais, ávidos consumidores de cultura, e desde então, sempre com um “violão debaixo do braço” apaixonou-se pelos desafios técnicos, pelo aparente contraponto formado entre pelas harmonias e melodias arrojadas, e a lírica singela da Bossa Nova; pela sua elegância minimalista e o que de bom veio através dela. Apesar da preferência estilística, não descarta tocar e cantar música boa.

Estudou violão erudito na Escola de Música Villa-Lobos (RJ), violão “6 cordas” na Escola Portátil de Choro (RJ); integrou o coral da Universidade Veiga de Almeida (RJ) e da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (RJ). Foi sócio da AV-Rio. Teve aulas particulares e participou de masterclasses com grandes mestres do violão, tais como: Nelson Faria, Nicolas de Souza Barros, Mara Lúcia Ribeiro, Cláudio Rafael Viana, Genésio Nogueira, entre outros. Editou junto ao professor Genésio Nogueira o livro “Sua Majestade, O Violão“, biografia do violonista Dilermando Reis.

Apresenta-se em casas noturnas, bares e eventos públicos e privados no RJ e no ES.

Em 2015, a convite do apresentador Francisco Velasco, foi entrevistado e tocou repertório de Bossa-Nova ao vivo no programa “Ensaio Geral“, na Rádio ES 1160AM, de Vitória-ES, onde foi elogiado ao vivo pelo violonista Tião de Oliveira, filho do emérito violonista e compositor, o maestro capixaba Maurício de Oliveira, também pelo próprio apresentador e pela equipe técnica por sua performance.

Também em 2015, a convite da produção do programa da TVE/ES Eu Sou O Samba“, também apresentado por Francisco Velasco, programa onde foi entrevistado e tocou ao vivo repertório de Bossa-Nova.

Em 2016, fundou o Clube da Bossa do Espírito Santo (http://www.facebook.com/groups/clubedabossaes), reconhecido por ícones da Bossa Nova da primeira e da segunda geração, como Roberto Menescal, Wanda Sá, Joyce, Nelson Faria, Celso Fonseca e outros, como importante e necessário movimento para a divulgação, preservação e continuidade deste gênero musical em terras capixabas. O clube tem como patronos os ícones da Bossa Nova e capixabas Roberto Menescal e Nara Leão (em memória).

Em 2018, apresentou seu show “Estamos Aí: 60 Anos de Bossa Nossa“, onde tocou e cantou acompanhado por banda no palco do Bottle’s Bar, no lendário Beco das Garrafas, em Copacabana-RJ, berço da Bossa Nova. O show apresenta desde canções representativas dos diversos momentos da música brasileira que levaram ao surgimento da Bossa Nova, até músicas que absorveram suas características estilísticas.

Em 2018, concebeu, dirigiu e apresentou-se com Roberto Menescal no evento “Clube da Bossa Apresenta: Papo Bossa com Roberto Menescal“,  promovido pelo Clube da Bossa do Espírito Santo, que teve lugar no teatro do Palácio da Cultura Sônia Cabral, em Vitória-ES, onde tocou e cantou, e também entrevistou o patrono do Clube, Roberto Menescal, acerca de temas da Bossa Nova.

Requinte, sem cerimônia.

Siga-nos nas redes sociais:

Site                 :  http://www.marcosmonteiro.mus.br

Facebook      : http://www.facebook.com/marcosmonteiroviolao

Instagram    : http://www.instagram.com/marcosmonteiroviolao

YouTube       : http://tiny.cc/marcosmonteiro

Soundcloud:  http://soundcloud.com/marcosmonteiroviolao

Anúncios